sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Garoto encontra garoto - David Levithan



Eiiii gente!! Tudo bem com vocês? Depois de um longo e tenebroso inverno (aquelas que usam o ditado da mãe hehehe) eu estou de volta para dar a minha opinião sobre o livro Garoto encontra garoto, do meu queridinho  David Levithan!!!! <3 

Paul é um garoto gay, isso nunca foi segredo para ninguém. Seus pais sempre o respeitaram, assim como as pessoas de sua escola que, inclusive, o tem como um dos seus representantes. Como o esperado, ele é um garoto popular, cercado de amigos, dentre eles uma líder de torcida transexual que também é a quarterback do time de futebol americano do colégio, um outro garoto gay que mora em outra cidade e tem pais que não o aceitam como é, uma garota hétero e o ex-namorado dela. Todo mundo é apresentado logo no início do livro, assim como um pouco da vida de cada um.

A cidade é bastante aberta àqueles que são LGBT e também por isso Paul vive a vida normalmente, até que em uma livraria ele conhece Noah, um garoto novo que o deixa com a sensação de que encontrou o amor da sua vida. Não conversaram por muito tempo, mas logo no outro dia na escola, Paul colocou todos os seus amigos para encontrarem seu crush e tentar se aproximar dele. Dito e feito, os dois começam a sentir algo um pelo outro e passarem muito tempo juntos.

Paralelamente a isso, temos Kyle, O EX! Hahahahaha! Ele e Paul terminaram de forma bem dramática, aparentemente Kyle não era gay e fez questão de contar a escola toda que foi, de certa forma, induzido por Paul a ficar com ele. Paul até hoje guarda más lembranças desse fato, mas nunca imaginaria que Kyle começasse a dar em cima dele e entrar em grupos que Paul coordena para se aproximar dele.

Como já devem imaginar, o drama Noah X Kyle  chega a um patamar em que Paul perde o controle, hehehe! David descreve tudo isso com muita poesia, acho que o que mais admiro nos livros dele é o fato de que ele aborda os movimentos LGBT de modo simples e muito real. Eu sou uma mulher cis heterossexual, não vivo na pele o que as pessoas LGBT vivem, mas os livros desse autor me mostram com bastante propriedade como é ser parte dessa minoria.

A escrita do autor é bastante clara e tranquila de ler, demorei muito para pegar esse livro, mas quando comecei, terminei numa sentada só, hahaha! A única coisa que tenho a reclamar é de uma das amigas de Paul, Joni. Ela namora um dos jogadores do time de futebol americano da escola, mas ele é muito, MUITO estranho e não combina com a menina. As vezes fiquei cansada desse namoro deles e também do drama entre Paul e ela, sacrificando a amizade por causa da relação da Joni com esse cara. No final até entendi um pouco o ponto do autor, que, de certa forma, descreveu um relacionamento abusivo, mas mesmo assim, achei muito cansativo vários capítulos terem dramas repetidamente com essa personagem.

No geral vocês bem sabem do meu amor por Levithan e tudo o que ele escreve não é? Hahaha! Essa história não foi minha favorita dele por esses pequeninos incômodos que pontuei ali em cima, porém, no geral, é outro livro incrível e que deve ser lido por muuuuitas pessoas! Apesar de o foco principal ser os dramas românticos de Paul e seus amigos, dá pra tirar muita coisa interessante do universo LGBT e das diferentes formas que a sociedade tem para lidar com as pessoas que são homossexuais, trans, bi e todas as outras categorias existentes, hihi! 

Com a leitura de livros LGBT temos como nos colocar no lugar dessas pessoas e tirar ensinamentos para nós mesmo para com àqueles do nosso meio que são LGBT. David é sempre muito feliz escrevendo essas histórias e é por isso que recomendo tanto os livros dele! <3 

E por hoje é só! Espero que tenham gostado da resenha coisa que não faço há 84 anos, mas okay hehehe :P e deixem aqui um comentário me indicando mais livros com essa temática LGBT, porque por enquanto só conheço os do David hahaha! 


Um beijo,
Vi. <3


skoob * weheartit * pinterest * facebook do blog * instagram * youtube snapchat: vividsb7

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui seu recadinho!